BLOG DO PROFESSOR EUGÊNIO


TEXTO SOBRE O ASSISTENTE SOCIAL

                    

                        UM PROFISSIONAL “PRÁ LÁ” DE IMPORTANTE

A porta da pequena sala estava aberta e, ao fundo, via-se uma quantidade muito grande de caixas, todas do mesmo tamanho e com o mesmo formato. Uma mesa de secretária, solitária, foi a única testemunha da minha chegada à Secretaria de Ação Social, localizada em uma parte do antigo prédio da estação ferroviária da cidade.

            Era o início do último trimestre do ano de 1999...

            Eu não podia imaginar, naquele momento, o quanto cresceria como pessoa, como cidadão e como profissional em função daquela ideia de ser, mesmo que provisoriamente e por um curto período, um funcionário público municipal, depois de muitos anos trabalhando na iniciativa privada.

            Bem, montado o mínimo de equipe necessário para começar a entender a “Ação Social”, saímos eu, o motorista e um auxiliar com a função de “dar cabo” daquela quantidade de caixas...

            Nunca vi tantos filtros de barro juntos!

            Mais tarde entenderia o semblante de espanto da única Assistente Social lotada na secretaria ao observar aquela Kombi lotada de filtros, saindo em direção das localidades mais necessitadas do município...

            A cada porta que se abria e se confirmava a ausência do utensílio, uma unidade era entregue, em nome da preocupação do governo municipal em fazer com que todos tivessem água potável em casa.

Foram muitas as viagens, sempre lotadas de filtros, destinados à distribuição aos “menos favorecidos da sorte”...

Terminada a distribuição, feita em cinco dias, resolvemos voltar às casas, na ordem da entrega feita, para medir o grau de satisfação dos “atendidos” pelo “programa social”...

Busco na memória a imagem de algum dos filtros distribuídos, abastecidos com água...

Certamente devo ter visto algum, mas, me lembro, como se fosse hoje, de filtros servindo como porta-mantimentos, como vaso de plantas, como recipientes para aguardente, como porta-trecos... Como porta qualquer coisa que não fosse água...

Resultado do assistencialismo, da caridade, da falta de procedimentos técnicos e, principalmente, resultado da falta de conhecimento profissional que sustentasse o programa...

No entanto, essa ação desastrosa trouxe em seu bojo o melhor dos resultados: o pedido e a concordância do prefeito para que se contratassem mais profissionais do Serviço Social... Mais de uma dezena deles, sendo a maior parte através de convenio com a Faculdade de Serviço Social.

Foram meses de muito trabalho sério, árduo, inclusivo e dignificante... 

 

Foi um período importante, de aprendizagem com quem sabe o “porquê”, o “como”, o “quando”, o “o que”e o “para quem”fazer”...

Implantação de oficinas, de programas de geração de renda e, até, a criação de uma feira destinada à venda dos produtos confeccionados... A Feiraso – Feira da Ação Social!

Cada filtro e cada cesta básica doados eram fruto de uma investigação séria e, via de regra, as doações eram complementadas com um encaminhamento para o trabalho, para a escola, para situações de resgate da autoestima e da cidadania.

E foi assim, assustado com o resultado do assistencialismo, que conheci a assistência social e o fantástico trabalho do profissional do serviço social.

O Serviço Social é uma profissão muito importante, capaz de contribuir, e muito, para mudar a vida das pessoas e os rumos das políticas sociais de uma rua, de um bairro, de uma cidade, de um estado, de um país.

O Serviço social, creia, é capaz de mudar os rumos das políticas públicas do planeta, repleto de desigualdades, de exemplos de populações sobrevivendo em condições sub-humanas, repleto de pessoas sem norte, sem voz e sem vez. Isso porque o trabalho do Assistente Social vai muito além da prática do assistencialismo, da caridade e do serviço voluntário... Estamos falando de um serviço profissional, disposto a resgatar a autoestima daqueles que se encontram em situação de carência social e, principalmente, fazer com que se sintam cidadãos, de fato e de direito.

Esta semana, precisamente no dia 15 de maio, comemorou-se o dia do Assistente Social, um profissional que tem a sua atuação na área da Assistência Social, uma política pública regulamentada pela Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS, assim definida na forma da lei em seu Art. 1º, como sendo um direito do cidadão e dever do Estado, onde está prevista a concessão dos mínimos sociais, realizada através de um conjunto integrado de ações.

Parabéns ao Assistente Social, marco na efetivação da política de Assistência Social em nosso município.

 



Escrito por Prof. Eugênio Maria Gomes às 16h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
    Outros sites
      CURRICULUM DO PROF. EUGENIO
      LANÇAMENTO DO LIVRO "RADIOGRAFIAS DO COTIDIANO - CONTOS, CRÔNICAS E ARTIGOS", DE AUTORIA DO PROF. EUGÊNIO
      MSN
      SITE DA UNEC - CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA
      UOL - O melhor conteúdo
      PORTAL BOLETIM JURÍDICO
      A CERTIFICAÇÃO DAS AÇÕES SOCIAIS E DA ÉTICA
      REVISTA GESTÃO UNIVERSITÁRIA
      UM TOQUE DE MOTIVAÇÃO: Entrevista com o Prof. Eugênio no site RH
      GUIA DE ESTAÇÕES DE RÁDIO
      PORTAL DA ADMINISTRAÇÃO: ADMINISTRADORES.COM
      GOOGLE
      CONTEÚDO SOBRE A ÁREA DE RECURSOS HUMANOS
      BOL - E-mail grátis
      BLOG ESPAÇO VIDA - MARCELA CIMINI
      BLOG DO RUY
      BLOG DO TIDILON
      Blog da Hítala
      BLOG DO PADRE DAVID
      SECRETOS VERSOS
      GESTÃO EM AÇÃO 1
      GESTÃO EM AÇÃO 2
      GESTÃO EM AÇÃO 3
      GESTÃO EM AÇÃO 4
      GESTÃO EM AÇÃO 5
      GESTÃO EM AÇÃO 6
      GESTÃO EM AÇÃO 7
      GESTÃO EM AÇÃO 8
      GESTÃO EM AÇÃO 9
      GESTÃO EM AÇÃO 10
      GESTÃO EM AÇÃO 11
      GESTÃO EM AÇÃO 12
      ENTREVISTA REDE RECORD - PROGRAMA TESSA DAMASCENO
      GESTÃO EM AÇÃO 13
      MAC SE POSICIONA SOBRE CINE BRASIL
      CAPELA VELÓRIO